Mário Matins: Pernambuco cadastra, nesta terça (15), pessoas com deficiência para vagas de emprego

Prefeitura de Caruaru

ALEPE

terça-feira, 15 de março de 2022

Pernambuco cadastra, nesta terça (15), pessoas com deficiência para vagas de emprego




 Em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), o Governo de Pernambuco realiza, nesta terça-feira (15), o cadastro de pessoas com deficiência interessadas em oportunidades de emprego e capacitação profissional.


A inscrição, que é presencial e gratuita, acontece das 8h às 12h e das 14h às 17h no auditório do prédio da Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência (Sead), na Rua Gervásio Pires, 399, 1º andar, no bairro da Boa Vista, no Centro do Recife.

"É uma iniciativa que foca no ramo da indústria, por meio da parceria com o Senai, que fará a atração dessas vagas”, afirma Marília Bezerra, secretária estadual executiva de Segmentos Sociais, que integra a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) de Pernambuco.

Ela explica que a ideia é estreitar a relação entre as pessoas com deficiência e o mercado de trabalho: "As empresas têm a obrigação legal de contratar um percentual mínimo de pessoas com deficiência e vão dispor de um cadastro facilitado com possíveis candidatos a essas vagas".


De acordo com a legislação, o quantitativo mínimo de pessoas com deficiência trabalhando nas empresas varia de acordo com a quantidade de funcionários. Em locais com de 100 a 200 empregados, a reserva legal é de 2% das vagas. Esse índice aumenta para 3%, em empresas com de 201 a 500 funcionários, e para 4%, quando há entre 501 e mil empregados.

Já as instituições com mais de 1.001 trabalhadores devem reservar 5% das vagas do quadro funcional para pessoas com deficiência.

Inclusão
O cadastro desta terça-feira é aberto para pessoas com qualquer tipo de deficiência - física, visual, auditiva, intelectual, psicossocial – e para pessoas com transtorno do espectro autista (TEA).

“Se a pessoa tem alguma deficiência, está em reabilitação ou é reabilitada do INSS pode comparecer à ação de cadastro. É preciso levar RG, CPF, laudo ou atestado médico que comprova a deficiência. No caso de reabilitando ou reabilitado, é necessário levar o Certificado de Reabilitação Profissional ou declaração de reabilitando”, detalha o superintendente estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência, Luis Siqueira. 

O último cadastro realizado com esse público havia sido em outubro, numa parceria com a rede de farmácia Drogasil.

O acesso ao local da inscrição será liberado mediante apresentação obrigatória do comprovante de vacinação contra a Covid-19.




Folha PE

0 comentários: