Mário Matins: PT de Pernambuco fechado com Carlos Veras para o Senado

ALEPE

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022

PT de Pernambuco fechado com Carlos Veras para o Senado















Do Blog de Alberes Xavier

Após reuniões e pesquisas em busca do nome ideal, o Partido dos Trabalhadores (PT), já decidiu quem será o escolhido para representar a legenda e ser o candidato ao Senado Federal pela Frente Popular de Pernambuco. Trata-se do deputado federal de 1º mandato, Carlos Veras. Defensor do homem do campo, Carlos pode quebrar mais um paradigma, se eleito, será o primeiro senador por Pernambuco sindicalista e oriundo da agricultura.

Natural de Tabira, Sertão do Pajeú, Carlos Veras começou sua trajetória política aos 18 anos como presidente da Associação Rural de Poço de Dantas. Depois assumiu outros postos de comando no movimento sindical e de agricultores. Foi coordenador do Complexo das Cooperativas do Sertão; secretário-geral da Cooperativa de Crédito Ecosol-Pajeú; tesoureiro da Agência de Desenvolvimento Solidário da CUT (ADS-CUT); vice-presidente da Central na gestão 2009-2012 e presidente de 2012 até 2019.

Carlos Veras não brinca em serviço, sabe bem qual caminho a seguir para conquistar seus objetivos e obter sucesso, por isso é da tropa de choque do Senador Humberto Costa, nome forte do PT de Pernambuco. Veras também possui uma grande simpatia de Doriel Barros, deputado estadual e atual presidente estadual do (PT), também militante e protetor do trabalhador rural. Além disso, Carlos é um exímio defensor da volta Luiz Inácio Lula da Silva, à Presidência da República do Brasil.

O sindicalista Carlos Veras é assistente social e ex-presidente da Central Única dos Trabalhadores CUT-PE. Em 2018, Carlos candidatou-se pelo PT para a Câmara Federal, obteve 72.005 votos, sendo o primeiro agricultor familiar eleito deputado federal da história de Pernambuco. No Congresso Nacional atual como presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara. Antes, em 2008, Carlos foi candidato a prefeito de sua cidade natal Tabira, porém não obteve êxito.

0 comentários: