Mário Matins: Responsável por atropelamento e morte em Afogados continua foragido em Brasília, diz Delegado

sexta-feira, 22 de outubro de 2021

Responsável por atropelamento e morte em Afogados continua foragido em Brasília, diz Delegado

 




















O delegado Ubiratan Rocha disse à Rádio Pajeú que Rian Lucas da Silva Coimbra, 20 anos, deve estar em Brasília, foragido após o pedido de prisão preventiva aceito pela justiça.

Rian é considerado foragido e procurado, acusado de homicídio doloso por dirigir embriagado e causar a morte de idoso na Avenida Diomedes Gomes, em Afogados da Ingazeira.

Ele é responsável pelo atropelamento de duas pessoas no dia 22 de agosto, na Rua Diomedes Gomes, em Afogados da Ingazeira, causando a morte de José Alves dos Santos, conhecido por Geraldo Agostinho, 81 anos e ferindo gravemente Augusto Alves Souza. Os dois estavam sentados na calçada.

O delegado informou que após a soltura de Rian após audiência de Custódia no dia 23 de agosto, um dia após o ocorrido, a Polícia Civil pediu a prisão preventiva. E que desde então vem buscando monitorar os passos do acusado.

“A informação que tem os é que ele está em Brasília. Estamos tentando fazer que se entregue para responder pelo crime”. Para o Delegado, não adianta mais questionar os procedimentos – muitos tem questionado a soltura pelo judiciário – e sim trabalhar para que ele responda pelo crime.

Ubiratan também informou que entraram em contato com os familiares de Rian explicando a situação e informando que ele deveria se apresentar, mas até hoje, não houve prestação de contas por parte dele. “Ele não quis se apresentar e/ou colaborar com a Justiça”, informou.

Qualquer informação sobre seu paradeiro pode ser repassada à Delegacia de Polícia Civil de Afogados da Ingazeira através dos telefones: (87) 3838-8784 ou 3838-8785. O anonimato é garantido segundo Ubiratan Rocha








Nil Junior

0 comentários: