Mário Matins: Acidente em gravação: diretora de fotografia morre após Alec Baldwin disparar arma cenográfica

sexta-feira, 22 de outubro de 2021

Acidente em gravação: diretora de fotografia morre após Alec Baldwin disparar arma cenográfica

 Ator norte-americano não sabia que objeto estava carregado; Halyna Hutchins não resistiu aos ferimentos

Uma mulher morreu após disparo acidental em filme produzido por Alec Baldwin

Uma mulher morreu após disparo acidental em filme produzido por Alec Baldwin Foto: Angela Weiss/AFP




A diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42, morreu, nesta quarta-feira, 21, durante as gravações do filme Rust, no Novo México. Conforme informações da polícia local, o ator norte-americano Alec Baldwin, 63, disparou acidentalmente a arma de fogo no set sem saber que o objeto estava carregado. O diretor do filme Joel Souza, 48, ficou ferido. O acidente aconteceu na Bonanza Creek Ranch, nos Estados Unidos.


Ainda de acordo com as autoridades policiais, a cena contemplava o uso de uma pistola de apoio quando foi disparada. “Nós estamos tentando determinar que tipo de projétil foi usado na arma de fogo”, afirmou o representante da polícia local. Nenhuma pessoa foi presa na ocasião, mas uma investigação foi aberta para apurar o caso. 

“A produção foi interrompida por agora. A segurança do nosso elenco e da nossa equipe é nossa maior prioridade”, informou a equipe de Baldwin à imprensa norte-americana. O ator também é coprodutor do filme.

Hutchins foi levada em um helicóptero para o Hospital da Universidade do Novo México, mas não resistiu aos ferimentos. Souza foi atendido em uma unidade médica de Santa Fé e foi liberado. 

Halyna Hutchins, diretora de fotografia de 'Rust', morreu após grave acidente no set de filmagem 

Halyna Hutchins, diretora de fotografia de 'Rust', morreu após grave acidente no set de filmagem  Foto: Reprodução Instagram via Reuters





"O Sr. Baldwin foi interrogado por detetives. Ele deu declarações e respondeu às perguntas. O ator veio voluntariamente e deixou o prédio depois que o interrogatório acabou", relatou um porta-voz do Departamento do Xerife do Condado de Santa Fé. 

O ator de 63 anos foi "visto chorando" por um repórter do jornal Santa Fé Novo Mexicano que publicou uma foto sua que o mostra em estado de choque, na beira de uma rodovia próxima ao departamento da polícia. 

"Todo o elenco e equipe [do filme] estão absolutamente devastados pela tragédia de hoje e queremos transmitir nossas mais profundas condolências à família e aos entes queridos de Halyna", disse um porta-voz da produção em um comunicado.  

As patrulhas dirigiram-se ao local do acidente no início da tarde, após receber um pedido de emergência.

A revista American Cinematographer apontou Halyna Hutchins como uma das estrelas em ascensão da categoria, em 2019, de acordo com seu site. Hutchnis, que morava em Los Angeles, nasceu na Ucrânia e foi criada em uma base militar soviética dentro do Círculo Polar Ártico, segundo o portal. 

O ator Alec Baldwin no set de filmagem de 'Rust'

O ator Alec Baldwin no set de filmagem de 'Rust' Foto: Reprodução/Instagram/Alec Baldwin




Os sets de filmagem costumam ter regras para o uso de armas de adereço, mas vários acidentes foram registrados.

Uma das tragédias mais conhecidas aconteceu durante as gravações do filme O Corvo, em 1993. O ator Brandon Lee moreu após o disparo de uma arma de fogo carregada incorretamente.

Produção independente, Rust conta a história de um adolescente de 13 anos que é procurado após o assassinato acidental de um fazendeiro. As gravações foram iniciadas em outubro e estavam programadas para seguirem até novembro. O elenco conta ainda com a atriz britânica Frances Fisher, conhecida por seu papel como Ruth DeWitt Bukater, a mãe de Rose (Kate Winslet) no filme Titanic (1997). 

Baldwin é conhecido por atuar na TV americana desde 1980. Ele chegou a receber um Emmy pela participação no programa de comédia Saturday Night Live, em que interpretava o ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump. O ator também participou de filmes como “Missão Impossível” e “A Caçada ao Outubro Vermelho”.


0 comentários: