Mário Matins: Familiares da ex professora Letícia Góes culpam Patriota por destruição de casarão histórico

terça-feira, 3 de agosto de 2021

Familiares da ex professora Letícia Góes culpam Patriota por destruição de casarão histórico

 











Familiares da ex-professora Letícia Campos Góis, que teve seu belo casarão centenário destruído em Afogados da Ingazeira, repudiaram, há pouco, a postura do prefeito Sandro Palmeira (PSB), que culpou, ontem, no Frente a Frente itinerante, na Rádio Pajeú, a própria sociedade do município pelo verdadeiro atentado ao patrimônio cultural e histórico da cidade.

"Não foi por falta de iniciativa da família que o casarão foi preservado. No Governo do ex-prefeito José Patriota a família esteve com ele e implorou para que o imóvel fosse tombado e transformado num museu", contou um integrante dos Campos Góis, adiantando que, na época, Patriota alegou que o município era pobre e não dispunha de recursos para atender a sugestão.

Esse mesmo familiar lembrou que José Patriota ainda chegou a prometer em tratar o assunto com o atual prefeito, que na sua gestão já era um influente auxiliar. "Mas nunca obtivemos nenhum retorno, nenhum tipo de resposta ou satisfação. Culpar a sociedade indefesa é um absurdo", afirmou.

O casarão dos Campos Góis, herdado da professora Letícia Campos Góis, estava localizado na Praça Arruda Câmara. Era um patrimônio vivo da cidade, fotografado e apreciado por turistas até a sua demolição patrocinada por um comerciante que abrirá no local uma farmácia.






Blog do Magno Martins


0 comentários: