Mário Matins: Empresária egipciense de 30 anos morre em consequência do Covid-19

domingo, 20 de junho de 2021

Empresária egipciense de 30 anos morre em consequência do Covid-19

 


Nenhuma descrição disponível.




















Mãe, esposa, empresária, 30 anos, sem comorbidades.

Faleceu na manhã deste sábado (19) no Hospital egional Emília Câmara em Afogados da Ingazeira, vítima de complicações em decorrência da covid-19, a egipciense Ricely Tayrinne, 30 anos (completado 7 de maio).

Já fazia cerca de 1 mês que a Jovem estava internada e vinha lutando contra o Covid-19.

Ela tinha um Restaurante na Capital da Poesia chamado ‘Divino Sabor’ e era muito querida na Sociedade egipciense. Ricely tinha 3 filhos e era casada com Kleiton Melo.  A epidemiologista e professora da Ufes, em entrevista  afirmou que o quadro da pandemia no Brasil mudou, já que, agora, as internações e mortes de jovens estão em alta. Para ela, toda a população constitui o “grupo de risco”, o que gera um impacto extremamente negativo para o país. A professora citou os dados de uma nota técnica da Fiocruz tratando das internações entre janeiro e maio deste ano: “80% das internações no início do ano eram de pessoas acima dos 60 anos. Agora, na última semana de maio, só 30%. Vejam que mudança. Ou seja, os leitos de UTI hoje estão ocupados, em sua maioria, mais de 50%, por pessoas com menos de 55 anos”, disse Maciel. “Isso é muito significativo. São pessoas que estão numa idade economicamente ativa, que estão construindo seus sonhos, suas vidas. Então, é um impacto muito grande para o país”.  O sepultamento da jovem será nesse sábado em SJEgito, cumprindo todos os protocolos sanitários para o Covid-19.  São José do Egito registrou nesse  sábado(19) 2 novos casos positivos e 1 novo óbito. O município conta com 2.347 casos confirmados, 2.270 recuperados, 46 óbitos e 31 casos ativos. O óbito de Ricely não está computado nesse boletim.





Blog do Marcelo Patriota

0 comentários: