Mário Matins: Chef sertanejo conta como saiu do Pajeú para virar cidadão do mundo

quinta-feira, 27 de agosto de 2020

Chef sertanejo conta como saiu do Pajeú para virar cidadão do mundo

 























O sertanejo de Afogados da Ingazeira, Chef Alexandre Silva contou sua história desde o dia em que saiu de sua terra até chegar a restaurantes entre os melhores na Europa. Foi na Quarta com Live que você acompanha clicando aqui.

Alexandre já passou por Portugal, onde cozinhou para chefes de estado como Sarney, Lula, Itamar Franco, FHC e outros, além de ter sido o primeiro brasileiro a ser chef do restaurante do famoso hotel cinco estrelas Tivoli Lisboa.

Voltou ao Brasil, passou uma temporada no Sertão e ficou um bom tempo em Palmas. Ainda concorre a um prêmio tido como o Oscar da gastronomia.

Hoje mora e trabalha em Luxemburgo, a 20 minutos da Alemanha. País que vive um ducado, está entre os mais ricos do mundo. O salário mínimo é equivalente a, pasmem, R$ 12 mil.

Alexandre não para de sonhar. Com curso superior vai fazer nova especialização agora na França, o epicentro da gastronomia mundial.

O sertanejo filho de Zil da Toca da Codorna, QG do passado da Rádio Pajeú, e de Dona Edite dos Salgados, hoje aposentada, no São Francisco, ganhou o mundo. Bela história que vale a pena assistir!






Nil Junior

0 comentários: