A GT foi acionada pela central de operações para se deslocar até o bairro  São Brás , afim deaveriguar uma denúncia de esfaqueamento.
Ao chegar no local foi constatado a veracidade do fato, no entanto, a vítima já havia sido socorrida por populares para Hospital Regional Emília Câmara, onde deu entrada naquela unidade já sem vida, com uma perfuração no lado direito do pescoço.
Segundo testemunhas no local do ocorrido as quais relataram que a vítima M. J. da S., 22 anos, ajudante de pedreiro, e o imputado C. A. F. de V., 41 anos, estavam ingerindo bebida alcoólica no interior da residência do acusado, quando de repente a vítima saiu correndo com a mão na altura do pescoço pedindo socorrochegando a cair próximo a sua residência.
O imputado ficou observando a vítima agonizando com um facão em punho e em seguida tomou destino ignorado. Foram feitas várias incursões na localidade no intuito de localizar o acusado, porém sem êxito. Diante dos fatos a ocorrência foi passada à disposição da DP local onde foi instaurado o inquérito investigativo.



Expresso do Sertão