Mário Matins: PRESO POR ESTUPROS EM TABIRA É ACUSADO DE CRIMES EM SÃO PAULO

sexta-feira, 10 de maio de 2019

PRESO POR ESTUPROS EM TABIRA É ACUSADO DE CRIMES EM SÃO PAULO

















Preso, o acusado é suspeito de mais dois estupros em Tabira. Movimentação é grande na Delegacia
Por André Luis – Atualizado às 17h40



O comunicador Anchieta Santos, informou por telefone durante o programa A Tarde é Sua, da Rádio Pajeú FM 104,9, desta sexta-feira (10), que um estupro foi registrado na Cidade de Tabira.
Segundo Anchieta, quinze dias após uma menor de quatorze anos ser estuprada às 06h da manhã, uma mulher de 35 anos foi estuprada na manhã desta sexta-feira, nas proximidades do bairro Vitorino Gomes com o Espirito Santo em Tabira.
Ainda segundo o comunicador o estuprador foi preso pela Polícia de Tabira, após diligências feitas na cidade. Outra informação que chegou é que o acusado é de São Paulo e estaria na cidade há oito meses.
Outra informação levantada é a de que ele teria um mandado de prisão em aberto no Estado de São Paulo por homicídio, além de ser usuário de drogas.
Estava se abrigando no Barro Vermelho, em Tabira, certamente para se esconder depois de foragido. A polícia suspeita que ele também pode ser pedófilo pelo material pornográfico encontrado em sua casa. O nome, apesar dos detalhes ainda não foi informado.
Anchieta informou ainda que o acusado além de ser reconhecido pela vítima de hoje, já foi reconhecido pela menor de 14 anos e uma outra vítima, que foi estuprada durante o carnaval, ainda não tem certeza da sua condição de autor.
Tabira está vivendo um aumento na violência neste ano, com sete homicídios e proporcionalmente, mais violenta na região. Serra Talhada, por exemplo, com treze homicídios registrados, tem mais de 85 mil habitantes.  Tabira, menos de 30 mil.
Assaltos a mão armada, arrombamentos de domicílios, dentre outros crimes também tem preocupado a comunidade.
A vítima do estupro de hoje foi levada por uma viatura da Polícia Militar ao Hospital Regional Emília Câmara e segundo informações já reconheceu o acusado. O nome completo dele ainda não foi informado.
A movimentação é grande no entorno da Delegacia de Tabira. Houve pedido de reforço policial para evitar uma tentativa de linchamento do acusado.




0 comentários: