Mário Matins: FISCAIS DA ADAGRO EMITEM NOTA SOBRE PARALIZAÇÕES

quinta-feira, 14 de março de 2019

FISCAIS DA ADAGRO EMITEM NOTA SOBRE PARALIZAÇÕES



NOTA DA GREVE DA ADAGRO


Os fiscais da ADAGRO - Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco, por deliberação em Assembleia Geral Extraordinária no último dia 20 de Fevereiro, e em virtude do NÃO cumprimento por parte do Governo do Estado de Pernambuco, com relação à reestruturação do PCCV da categoria, anunciaram greve nesse mês de Março, com paralisações parciais, às segundas-feiras, quintas-feiras e sextas-feiras.
Salienta-se que o Governo prometeu oficialmente, desde 2016, em pelo menos, três oportunidades, implantar o PCCV.
Em abril do ano passado os fiscais da Adagro chegaram a parar por cinco dias e encerraram a mobilização após atender a uma solicitação do Governo para a formação de um Grupo Técnico Paritário, formado por SAD/ADAGRO/SINDAGRO-PE., por sugestão do então Secretário de Administração, Dr. Milton Coelho, com vistas à elaboração conjunta do referido Plano de Cargos.
Foram realizadas oito reuniões da comissão durante todo o ano de 2018, visando à conclusão do PCCV, e o Governo não sinaliza pela implantação do mesmo.
A categoria alega que não tem aumento salarial há vários anos e justifica a paralisação por falta de negociação com o Governo do Estado.
O quadro da ADAGRO contabiliza 422 servidores entre as funções de fiscais, analistas, assistentes e auxiliares agropecuários. Segundo o SINDAGRO, sindicato da categoria, se o governo não convidar para uma contraproposta, a greve irá se estender para o mês de abril.

0 comentários: