Mário Matins: Homem matou e cortou ao meio corpo da amante para evitar que caso viesse a público

segunda-feira, 30 de julho de 2018

Homem matou e cortou ao meio corpo da amante para evitar que caso viesse a público



Delegado Felipe Monteiro, gestor da Divisão Sul de Homicídios, e delegado Nelson Souto, gestor do Diresp
Delegado Felipe Monteiro, gestor da Divisão Sul de Homicídios, e delegado Nelson Souto, gestor do DirespFoto: Julya Caminha/ Folha de Pernambuco












Para evitar que o caso extraconjugal viesse a público, um homem
de 52 anos confessou, segundo a Polícia Civil de
Pernambuco, ter matado e cortado ao meio corpo da amante
com quem mantinha o relacionamento de cerca de seis meses.
O corpo de Ana Maria da Silva, de 56 anos, foi descoberto nesse
domingo (29), mesmo dia em que, horas depois, Albertino
Fortunato de Oliveira Filho, de 52 anos, foi preso. O crime
ocorreu em Sirinhaém, no litoral Sul, no Grande Recife.

A elucidação do feminicídio foi apresentada pelo delegado Felipe
Monteiro, da Divisão de Homicídios Sul da Região Metropolitana
Sul Polícia Civil de Pernambuco, na manhã desta segunda-feira (30),
em coletiva de imprensa. Segundo ele, Albertino, que é casado
há 30 anos e tem quatro filhos, queria acabar o caso com
Ana Maria, que era casada havia mais de 40 anos e insistia na
relação com o amante.





Folha PE

0 comentários: