Mário Matins: PF faz maior apreensão de cocaína dos últimos 10 anos no aeroporto do Recife

domingo, 10 de dezembro de 2017

PF faz maior apreensão de cocaína dos últimos 10 anos no aeroporto do Recife





Polícia Federal realiza a maior apreensão de cocaína dos últimos 10 anos no Aeroporto Internacional dos Guararapes/ Gilberto Freyre, no Recife
Polícia Federal realiza a maior apreensão de cocaína dos últimos 10 anos no Aeroporto Internacional dos Guararapes/ Gilberto Freyre, no RecifeFoto: Divulgação/ Polícia Federal













A Polícia Federal (PF) divulgou deste domingo (10) a apreensão de 19,4 quilos (kg) de cocaína no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, na madrugada da última sexta-feira (8), por volta de 0h10. Segundo informações da assessoria da PF, esta foi a maior apreensão de cocaína dos últimos dez anos.
Dois suspeitos foram presos em flagrante: Theo Santarelo Lima, 18 anos, natural de Santo Antonio da Planaltina (PR) e residente de Vila Mariana (SP) e Isabella Neves, 19 anos, de Vitória (ES), residente de Vila Velha (ES). Nenhum dos dois possui antecedentes criminais.

As prisões ocorreram durante uma fiscalização de rotina no aeroporto. Segundo a assessoria, os policiais perceberam, através da observação, que "dois passageiros bem jovens estavam demonstrando bastante inquietação, impaciência e nervosismo". Eles foram abordados e suas bagagens revistadas. Foram conduzidos à sala de imigração da PF, onde foram submetidos a uma entrevista - foi quando os policiais notaram contradições em seus depoimentos.

Nas malas, que possuíam fundos falsos, foram apreendidos 19.4kg de cocaína, cartão de embarque, passaporte e três aparelhos celulares, além de € 2.600 Euros e R$ 600 reais. Em seguida, os suspeitos receberam voz de prisão. Por volta das 15h da última sexta-feira (8), tiveram a audiência de custódia e foram liberados pela Justiça Federal, devendo responder ao processo em liberdade. Caso sejam condenados, poderão pegar penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão. 






Folha PE

0 comentários: