Mário Matins: ESTÁCIO DE SÁ DEMITE 1200 PROFESSORES APÓS REFORMA TRABALHISTA

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

ESTÁCIO DE SÁ DEMITE 1200 PROFESSORES APÓS REFORMA TRABALHISTA

A building of Estacio college is pictured in Rio de Janeiro, Brazil, June 30, 2016. REUTERS/Ricardo Moraes ORG XMIT: RJO09
Prédio da Estácio no Rio de Janeiro
Quase um mês após a entrada em vigor das novas regras trabalhistas, o grupo de ensino superior Estácio comunicou nesta terça-feira a demissão de 1.200 professores. A instituição possui hoje cerca de 10 mil docentes.
Novos profissionais serão recontratados para substitui-los sob o modelo trabalhista renovado. A empresa diz que lançou "um cadastro reserva de docentes para atender possíveis demandas nos próximos semestres, de acordo com as evoluções curriculares". A informação foi antecipada pelo jornal "O Globo".
PUBLICIDADE
De acordo com nota da assessoria de imprensa da companhia, "todos os profissionais que vierem a integrar o quadro da Estácio serão contratados pelo regime CLT, conforme é padrão no grupo".





0 comentários: