Mário Matins: PATRIOTA TERÁ DIFICULDADES PARA MANTER GRUPO UNIDO EM PROL DE SUA POSSÍVEL CANDIDATURA

sexta-feira, 24 de março de 2017

PATRIOTA TERÁ DIFICULDADES PARA MANTER GRUPO UNIDO EM PROL DE SUA POSSÍVEL CANDIDATURA

Mesmo o prefeito José Patriota tendo sido reeleito com uma enorme margem de votos e contar com inúmeras lideranças na Frente Popular, ele terá muita dificuldade de manter esse grupo unido em defesa do seu nome em uma possível candidatura a deputado. Vejamos os possíveis problemas: Totonho Valadares não esconde de ninguém que deverá continuar apoiando Waldemar Borges e Gonzaga Patriota (ambos do PSB), Heleno Mariano poderá apoiar André de Paula (PSD) e sua sobrinha Aline Mariano (PMDB), alguns vereadores sempre tem compromisso anterior com outros deputados, a exemplo de Augusto Martins que deverá apoiar novamente sua cunhada Aline Mariano, o vereador Rubinho do São João mesmo que não tenha firmado apoio a algum deputado, com certeza será procurado para apoiar deputados ligados à igreja Assembleia de Deus, pois o mesmo contou com apoio de centenas de evangélicos, por estes e outros motivos Patriota deve ter dificuldades para levar adiante seu projeto político.
Na verdade Patriota tem que montar seu grupo político, pois ele não conta com a fidelidade de todas as lideranças da Frente Popular, inclusive tem vereadores que estão alimentando uma possível aliança para bater de frente com a chapa escolhida pelo prefeito pras eleições de 2020.
Se for candidato a deputado estadual Patriota tem reais chances de eleger-se, mesmo sem ter tantos apoios no Pajeú, ele deverá partir com mais aproximadamente 20 mil votos da região, tendo que completar com mais uns 20 mil votos de outras regiões, mas pelo prestígio que ele tem junto ao governador e aos prefeitos, ele brigará seriamente por uma vaga na ALEPE.
Já se decidir competir a uma vaga como federal, são mais 500, a coisa é bem mais complicada pois ele precisaria ter mais ou menos de 80 mil votos e terá concorrentes bem mais estruturados que ele.
Para muitos se Patriota não for candidato agora, nunca mais terá as condições que ele tem hoje, prefeito com mandato, presidente da AMUPE e nenhum candidato mais competitivo na cidade, apesar das possíveis candidaturas de Aline Mariano, Mário Martins, Emídio Vasconcelos e Itamar França, nenhum deles ou todos juntos não impedirão que Patriota seja majoritário na cidade, mesmo assim lhe causarão um prejuízo que poderá atrapalhar sua eleição.
Com certeza Patriota tem dormido pouco fazendo contas e buscando apoios para viabilizar seu projeto.

0 comentários: