Mário Matins: Doutores da Alegria contam histórias no Festival Recife do Teatro Nacional

sábado, 19 de novembro de 2016

Doutores da Alegria contam histórias no Festival Recife do Teatro Nacional


Elenco da ONG apresenta Conta Causos no Teatro Joaquim Cardozo, no dia 23, às 19h

Os encontros cotidianos entre os palhaços da associação Doutores da Alegria e as crianças internadas, seus acompanhantes e profissionais da saúde se transformam em histórias lúdicas na ação intitulada Conta Causos. Esse relato encenado das vivências dos “besteirologistas” nos hospitais da capital pernambucana será apresentado pelos atores/palhaços da ONG no dia 23 (quarta-feira), às 19h, no Teatro Joaquim Cardozo, no bairro da Madalena, pela primeira vez dentro da programação do 18º Festival Recife do Teatro Nacional (FRTN). A entrada é gratuita, mas sujeita à lotação do teatro.
No Recife, a atuação da ONG Doutores da Alegria completou 13 anos em 2016. Atualmente, quatro hospitais - Hospital Universitário Oswaldo Cruz e Procape, Barão de Lucena, Restauração e Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip) – recebem a intervenção artística, duas vezes por semana, de uma dupla de palhaços. “O foco do nosso trabalho é o encontro com o outro. Em todos esses anos, acumulamos experiência e muitas histórias para contar. Nessa atividade, temos o desafio de escolher algumas delas para compartilhar”, explica Arilson Lopes, coordenador artístico da unidade Recife da ONG Doutores da Alegria.
Os próprios atores que integram o elenco da associação Doutores da Alegria, sem caracterização de palhaço, apresentam o Conta Causos. Nesta edição especial dentro do FRTN, participam os atores/palhaços Enne Marx (Dra. Mary En), Fábio Caio (Dr. Eu_Zébio), Greyce Braga (Dra. Monalisa), Juliana de Almeida (Dra. Baju), Luciano Pontes (Dr. Lui) e Tamara Floriano (Dra. Tan Tan). 
O Conta Causos não se configura um espetáculo teatral. São histórias engraçadas, de superação, e algumas até mesmo tristes, mas sempre vistas sob a perspectiva lúdica trazida pela presença do palhaço no hospital. “De forma colaborativa, discutimos bastante como elaborar essa dramaturgia documental, baseada na realidade dos hospitais”, complementa Arilson Lopes. Nesse sentido, a música, considerada fundamental no trabalho dos palhaços nas alas pediátricas, é um elemento cênico importante na construção do Conta Causos, assim como a interação natural com o público.

Link vídeo Conta Causos

Sobre a ONG Doutores da Alegria:

Doutores da Alegria é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que utiliza a arte do palhaço para intervir junto a crianças, adolescentes e outros públicos em hospitais públicos e ambientes adversos. 
Fundada por Wellington Nogueira em 1991, a associação foi inspirada no trabalho do Big Apple Circus de Nova York. Aos 25 anos no Brasil, a associação já realizou mais de um milhão de intervenções junto a crianças hospitalizadas, seus acompanhantes e profissionais de saúde. 
A partir das intervenções em hospitais, Doutores da Alegria amplia canais de diálogos reflexivos com a sociedade, compartilhando o conhecimento produzido através de formação, pesquisa, publicações e manifestações artísticas, contribuindo para a promoção da cultura e da saúde e inspirando políticas públicas. 
Em 2016 a associação se reposiciona institucionalmente a partir de uma nova governança e uma nova tarefa institucional, propondo a arte como mínimo social, ou seja, como uma das necessidades básicas para o desenvolvimento digno do ser humano, assim como alimentação, saúde, moradia e educação. 

Como ajudar na manutenção da associação Doutores da Alegria

O trabalho da associação Doutores da Alegria, gratuito para os hospitais, é mantido por doações de empresas e de pessoas físicas, tanto por recursos próprios quanto por recursos advindos por meio das leis de incentivo fiscal. Os recursos das contribuições permitem a manutenção e expansão das atividades e da estrutura do grupo, a realização de atividades de formação, oficinas e o aprimoramento técnico dos artistas. Para saber como ajudar, entre no site: www.doutoresdaalegria.org.br.

Serviço:
Conta Causos
Quando: 23 de novembro, quarta-feira, às 20h
Onde: Teatro Joaquim Cardozo (Rua Benfica, 157, Madalena Fone: 2126-7388)
Quanto: entrada gratuita, sujeita à lotação do espaço. Os ingressos estarão disponíveis na bilheteria a partir das 16h
Informações: (81) 3466-2373

0 comentários: