Mário Matins: Dez Paróquias sofrem alterações na Diocese a partir de janeiro. Veja quais:

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Dez Paróquias sofrem alterações na Diocese a partir de janeiro. Veja quais:

Jpeg








O Bispo Diocesano de Afogados da Ingazeira, Dom Egídio Bisol, anunciou agora a pouco na Rádio Pajeú, alterações em dez paróquias da região.
Foi o maior anúncio de mudanças de uma só vez em vários anos de Bispado.
Os últimos detalhes das alterações em Paróquias foram fechados em encontro do Clero Diocesano que acontece em Triunfo, no Colégio Stella Marys. As mudanças ocorrerão em janeiro, para que haja tempo de transição.
As alterações anunciadas foram informadas em nota oficial no site da Diocese de Afogados da Ingazeira. As maiores paróquias por número de fiéis sofreram mudanças: em Serra Talhada, as três tiveram alteração nos sacerdotes que conduziram os trabalhos pastorais.
Paróquia de Nossa Senhora da Penha, de Serra Talhada ficará com o Padre Josenildo Nunes de OliveiraPadre Edilberto Aparecido Brasil de Sá deixará a Paróquia de Triunfo e vai para a Paróquia do Rosário, em Serra Talhada. E Padre Jorge Adjan, que estava em Solidão, ficará na Paróquia Bom Jesus Ressucitado, em Serra Talhada.
Paróquia do Senhor Bom Jesus dos Remédios, em Afogados da Ingazeira, sede da Diocese, será comandada pelo Padre Gilvan Bezerra de Lima, que estava na Penha. Padre Josenildo deixará a Paróquia após onze anos.
Padre Otaviano Bezerra Santana passará a ocupar a Paróquia de Nossa Senhora das Dores, de TriunfoPadre Evandro Oliveira de Lima, que estava em missão na Diocese de Roraima, vai para a Paróquia de São Sebastião, em Quixaba. Para a Paróquia de Santo Antonio e São João Maria Vianey ,  de Carnaíba, assumem os padres Miguel Nunes Neto e Daniel Gomes de Souza.
A Paróquia de São Sebastião em Iguaracy ficará aos cuidados de Padre Antonio Rogério Veríssimo Duarte. E A Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes em Solidão ficará sob os cuidados do Padre Genildo Herculano.
img-20161110-wa0004Segundo Dom Egídio Bisol em nota, “no momento oportuno serão comunicadas as datas das respectivas posses canônicas . Ao final, pediu a toda a comunidade Diocesana que ajude a Igreja a crescer em comunhão e corresponsabilidade dentro da grande família espiritual que é a Igreja de Deus no Pajeú.
A Igreja em modo geral costuma orientar que sacerdotes não fiquem muitos anos em uma única Paróquia, sob a máxima de que não pode haver personalização da instituição, considerando que a Igreja tem que ser a representação do Cristo Jesus, e não de um indivíduo. Também para evitar comodismo e dar dinamicidade às Paróquias.




Nil Junior

0 comentários: