Mário Matins: DEPUTADO EDILSON SILVA COBRA SAÍDA DE PEDRO EURICO DA SECRETARIA DE JUSTIÇA E DIREITOS HUMANOS DO ESTADO

quinta-feira, 7 de abril de 2016

DEPUTADO EDILSON SILVA COBRA SAÍDA DE PEDRO EURICO DA SECRETARIA DE JUSTIÇA E DIREITOS HUMANOS DO ESTADO

EDILSON
O deputado Edilson Silva, presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), cobrou, nesta quarta-feira (6), na tribuna da casa, que o governador Paulo Câmara exonere o secretário de Justiça e Direitos Humanos do Estado, Pedro Eurico, por enxergar que ele não tem mais condições de chefiar a pasta. O parlamentar fez a exigência após relatar que um adolescente de 15 anos que estava no Programa de Proteção e Adolescentes Ameaçados de Morte (PPCAM) foi assassinado, no último sábado (2), em Itamaracá, no Grande Recife.
“Eu não houvi uma única palavra do secretário sobre o que aconteceu com esse jovem. Aliás, desde que o secretário saiu daqui todo enrolado com aquela história de que conversava com os presidiários do Estado, desapareceu do cenário político. Como é que pode um Estado como o nosso, com tantos problemas, não ter um secretário de Justiça e Direitos Humanos dando uma satisfação?”, questionou o deputado, lembrando que, mesmo estando sob a custódia do Estado, o adolescente foi enterrada como indigente em Alagoinha, no Agreste pernambucano.
Ainda segundo Edilson Silva, devido à esta atitude e à crise do sistema prisional pernambucano, Pedro Eurico mostrou-se incapaz de chefiar a pasta de Justiça e Direitos Humanos do Estado. “O secretário Pedro Eurico não tem mais condições de ser o titular da pasta, até porque já a abandonou, na prática. Ele está lá apenas do ponto de vista formal. Do político, já não está mais”, disse.





JC Online

0 comentários: