Mário Matins

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

PREFEITO JOSÉ PATRIOTA OFERECE JANTAR EM HOMENAGEM ÀS CAMPEÃS PERNAMBUCANAS DE BASQUETE







Reconhecer e homenagear o talento é sempre bom. E homenagear talentos que levam o nome da nossa terra para além das fronteiras do município é melhor ainda. O Prefeito José Patriota e a primeira-dama de Afogados da Ingazeira, Madalena Leite, ofereceram ontem (21) à noite, um jantar em homenagem às jovens Campeãs Pernambucanas de Basquete juvenil, dentre todas as Escolas da rede pública estadual de ensino.

Elas integram a equipe da Escola de Referência Monsenhor Antônio de Pádua Santos, e venceram, na final, a equipe de Petrolina por 26 a 16. Vanessa Iasmim, Sara Queiroz, Marcela Veloso, Cláudia Raquel, Ana Júlia, Maria Fernanda Barbosa, Mariza Bezerra, Michele Cristina, Amanda Gerlane, Marina Souza, Delamara Vitória e Fabiana Cecília estão de parabéns pela grande conquista e por levar o nome de Afogados da Ingazeira para além do Pajeú. A equipe é treinada pelo Professor de educação física José de Lima Silva. As finais foram disputadas no Recife, entre os dias 12 a 17 de Outubro.

“Nos últimos meses vários  talentos afogadenses se destacaram, conquistando títulos, prêmios, sobretudo nas áreas de educação e de esportes, levando o nome de Afogados da Ingazeira para Pernambuco e para o Brasil. É uma alegria poder contribuir com essas conquistas,” afirmou o Prefeito José Patriota, que esteve acompanhado do Secretário Executivo de Cultura e Esportes, César Tenório, e do Diretor de Esportes da Prefeitura, Edygar Oliveira.

Mais cedo – à tarde, o Prefeito José Patriota acompanhou a delegação campeã em um desfile, no caminhão do corpo de bombeiros, pelas principais ruas da cidade, ao lado de alunos, professores e direção da Escolar Monsenhor Antônio de Pádua Santos.



Prefeitura de Afogados da Ingazeira
Núcleo de Comunicação Social

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Homem é torturado com ferro de soldar após elogiar mulher em Sertânia

Um homem foi torturado por cerca de quatro horas no domingo (19) em Sertânia, no Sertão de Pernambuco. De acordo com informações da Polícia Militar, Vandenberg Alves da Silva, de 29 anos, teria elogiado a ex-namorada de um dos suspeitos, Leandro José da Silva, de 21 anos. O suspeito e outro homem teriam se dirigido a casa da vítima e praticado a tortura. O caso foi divulgado nesta terça-feira (21). Ainda segundo a polícia, a vítima foi obrigada a ingerir bebiba alcóolica, comer sal e foi queimada com um ferro de soldar em várias partes do corpo. A tortura ocorreu na Rua Terezinha Laet, no bairro Mário Melo. Os dois suspeitos foram presos e encaminhados a delegacia do município. Em depoimento, os suspeitos afirmaram que teriam a intenção de matar a vítima. Eles foram autuados por tentativa de homicídio e encaminhados para a cadeia pública do município.


Cauê Rodrigues

Mulher é morta a facadas por companheiro em Tabira



Uma mulher foi morta a facadas pelo seu companheiro Erandir Carvalho
da Silva, de 43 anos, em Tabira, na Rua Cinco, no bairro da Jureminha.
O crime ocorreu na madrugada desta quarta-feira (21).
Segundo a Guarda Municipal, a vítima Maria Divanaide da Silva, de
34 anos, foi atingida com onze facadas. A Polícia Militar ainda não
sabe o que teria motivado o crime.


Tabira Hoje

Lucas Ramos agradece votos em Betânia e Jupi



Lucas Ramos (PSB), deputado estadual eleito pela Frente Popular de Pernambuco, continua percorrendo por todo o estado. O jovem socialista esteve em Betânia, no Sertão do Moxotó, para agradecer a votação na cidade. Ele se reuniu com a prefeita Eugênia Araújo, com o ex-prefeito Val Araújo e ainda com os vereadores Jota, presidente da Câmara de Vereadores, Lúcia Feitosa, Peloca e Novinho. “Quem me apresentou à Betânia foi o ex-governador Eduardo Campos. Ele pediu ao ex-prefeito Val Araújo que nos apoiasse, ressaltando o quanto a cidade era importante no cenário pernambucano”, afirmou Lucas Ramos.

No último sábado, o socialista esteve também em Jupi, no Agreste, participando da festa de Nossa Senhora do Rosário, padroeira da cidade. Essa já é a segunda vez que Lucas Ramos vai a Jupi desde o término do primeiro turno das eleições. A festa reuniu mais de 10 mil pessoas e teve várias atrações culturais. “A prefeita Celina Brito está fazendo um ótimo trabalho em Jupi. Na Assembleia, vamos lutar por projetos que possam melhorar ainda mais a qualidade de vida do povo de Jupi”, pontuou o deputado estadual.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Multidão participa de encerramento da 44ª festa em Solidão

A Comunidade Católica de Solidão vivenciou na manhã deste domingo (19) o encerramento da 44ª Festa dos Romeiros, que contou com procissão seguida da Celebração presidida pelo padre Jorge Adejan. A participação da comunidade local, da zona rural, além de visitantes de vários municípios foi muito ampla.



Blog do Itamar

Gonzaga Patriota Realiza visitas para agradecer votação


Afrânio
Neste sábado (18), o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) iniciou uma série de visitas às localidades onde realizou campanha. O objetivo das visitas é agradecer os votos recebidos. O socialista visitou Afrânio, Dormentes, Santa Cruz, Ouricuri, Ipubi e Araripina e foi é o primeiro político a pisar nesses locais para reencontro com eleitores depois do processo eleitoral.
Em todos os municípios visitados, Gonzaga Patriota discursou, agradeceu os votos e defendeu o nome de Aécio Neves para a eleição presidencial.
Santa Cruz 1
“Já dizia a minha mãe: quem o pouco não agradece, o muito não merece. Por isso, quero agradecer os votos e o apoio que recebi durante toda a campanha. Podem contar comigo, estarei em Brasília defendendo os interesses dos municípios, da região, de Pernambuco e do Brasil. Sobre o segundo turno estarei apoiando Aécio Neves, pois entendo que ele é a mudança que o País precisa neste momento”, declarou.

Gonzaga Patriota seguirá com novas visitas a outros municípios onde realizou campanha. Ele tem feito um diferencial em relação aos outros políticos, antes e após o período eleitoral.

domingo, 19 de outubro de 2014

Gonzaga Patriota participa de carreata em prol da eleição de Aécio Neves


 O deputado federal Gonzaga Patriota participou, nesta sexta-feira (17), em Petrolina, de uma grande carreata em prol da eleição do candidato tucano Aécio Neves para a presidência da República. O evento também serviu para agradecer ao eleitorado petrolinense à votação que obtiveram no município.
O comboio, que contou com mais de 300 carros, além de várias motos, saiu do Aeroporto Internacional Senador Nilo Coelho e percorreu diversos bairros de Petrolina. A carreata começou por volta das 15h30 e terminou somente às 17h30.
De cima de um carro, Paulo Câmara, Fernando Bezerra, Gonzaga Patriota, Fernando Filho, Miguel Coelho, Lucas Ramos e vários prefeitos da região acenavam e cumprimentavam a população.
Por alguns momentos a quantidade de carros era tamanha que as ruas ficaram pequenas e a carreata parecia não ter fim; os veículos se cruzavam a todo momento.
Agora no segundo turno, o PSB promete trabalhar para interiorizar a campanha presidencial Aécio Neves (PSDB). Além de Petrolina, o PSB prepara carreatas e comícios pedindo votos para o tucano em Arcoverde, no Sertão do Moxotó; e em Caruaru, no Agreste. Os atos ocorrerão neste final de semana.
Patriota avaliou positivamente o evento e revelou que ficou satisfeito com a boa receptividade dos petrolinenses em relação ao nome de Aécio Neves
Fizemos em Petrolina algo inusitado que foi juntar aqui os deputados com mandatos e os deputados eleitos de Petrolina da Frente Popular e fazer uma das maiores carreatas que a cidade já viu. A gente cruzou as quatro regiões: Norte, Sul, Leste e Oeste em mais de duas horas de carreata. Acompanhado do governador eleito Paulo Câmara, a gente viu não apenas manifestações favoráveis a nossa proposta de apoiar Aécio Neves como a alegria no rosto do povo. O evento de hoje pareceu com aquelas carreatas de final de campanha de primeiro turno. Aproveitamos também nessa carreata em prol de Aécio para agradecer os votos recebidos”, disse.





sábado, 18 de outubro de 2014

Mais de 30 micro e pequenas indústrias participarão da feira Mecânica Nordeste



        Mais de 30 micro e pequenas indústrias do Estado estarão expondo ao lado 
de grandes multinacionais do segmento metalmecânico e eletroeletrônico na
Fimmepe 2014 - Mecânica Nordeste (Feira da Indústria Mecânica, Metalúrgica e 
de   Material Elétrico de Pernambuco). Para isso, essas empresas contarão 
com o apoio do Sebrae/PE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas 
Empresas) que estará subsidiando parte do valor dos estandes a partir de 
um convênio firmado com o Simmepe (Sindicato das Indústrias Metalmecânicas 
e Eletroeletrônicas de Pernambuco), entidade realizadora do evento. A feira 
acontece a partir da próxima terça-feira (21) e vai até o dia 24 no Centro de 
Convenções de Pernambuco, de 16h às 22h. A entrada é franca.

      "O objetivo do apoio do Sebrae é possibilitar às micro e pequenas empresas 

a oportunidade de abertura de novos mercados", afirma Ana Nasi, 
gerente da unidade da Indústria e Internacionalização do Sebrae em Pernambuco. 
Segundo ela, para poder contar com o benefício, a indústria precisa se
enquadrar nos perfis de microempresas, que faturam de R$ 60 mil a R$ 360 
mil por ano, ou de empresa de pequeno porte, que têm receita anual de 
R$ 360 mil a R$ 3,6 milhões.

      Parte das micros que estarão na Fimmepe são associadas a Rede Petro, 

associação que reúne empresas que prestam serviços às cadeias produtivas 
naval, automotiva e de petróleo e gás. "Tendo em vista a quantidade de
visitantes que o evento recebe, a feira é uma oportunidade importante para
os associados divulgarem seus produtos e ampliarem seus negócios", 
afirma Otávio Carvalho, presidente da entidade que há quatro anos reúne 
seus associados na Fimmepe.

      Entre as pequenas empresas que participarão da feira estará a Carlos 

Metalúrgica, indústria que fabrica estruturas metálicas e presta serviços 
na área de corte e conformação de chapas metálicas. "Estamos participando 
da Mecânica Nordeste há pelo menos 10 anos", destaca o empresário Carlos 
Cavalcanti que, durante o evento estará mostrando um contêiner para uso industrial.

          Para o presidente do Simmepe, Alexandre Valença, o apoio do Sebrae

possibilita aos pequenos fornecedores a oportunidade oferecer seus 
produtos e serviços a um publico qualificado, formado por empresários,
executivos e técnicos de empresas interessadas em obter soluções para
suas empresas que tenham qualidade e custos competitivos. "Em apenas 
quatro dias de feira, é possível realizar dezenas de contatos que, para serem
realizados fora do evento, exigiriam um investimento bem mais elevado", 
afirma Valença.

Mais Informações: Simmepe / MG Comunicação Empresarial: 81 977.2200

  
 

 Feira Mecânica Nordeste

 

PADRE MARCELO ROSSI FALA SOBRE DEPRESSÃO, POLÍTICA E ANOREXIA















Com uma abertura impressionante, o padre Marcelo Rossi fala sobre os distúrbios
alimentares e psicológicos pelos quais passou nos últimos anos. Para os que
se espantaram com a magreza exibida no último domingo, no programa
Fantástico (Globo), questionada por internautas, ele alivia: “minha saúde
está ótima”.

Os quilos a menos são assegurados por uma dieta balanceada - nada de
água, alface e hambúrguer, como no ápice da anorexia - e cerca de dez
quilômetros diários percorridos na esteira. O hábito é anterior à batina:
o pároco do Santuário Mãe de Deus, em São Paulo, é formado em
educação física. Mas também pelo jejum ao qual se submeteu durante a
composição das 14 canções do novo disco, O tempo de Deus (Sony, R$ 10).

O projeto é o primeiro influenciado pela depressão e anorexia. “O CD vai
ajudar muito as pessoas tristes. Muita gente pensa que depressão é frescura.
Não cheguei a uma depressão forte, mas foi um princípio. Até então eu
não sabia o que era isso. Eu estava sem remédio ou psicólogo. Foi através da oração e conscientização”, confessa.

No próximo ano, ele deve percorrer cidades brasileiras - Recife estará no roteiro,
garante - para divulgar o livro Philia, já entregue à Editora Globo. “É contra 14
males, como depressão, ansiedade, autoestima baixa. Eu vou poder ajudar
muito às pessoas”, acredita o religioso. Para ele, compartilhar as próprias
experiências é uma forma de chamar a atenção das pessoas para o problema.

O tempo de Deus tem 14 faixas escritas por Rossi, que abdicou dos direitos
autorais para reduzir o valor de venda, R$ 10. conta. A renda será revertida para
a capela dele.

Entrevista // Padre Marcelo Rossi

O senhor foi um dos primeiros a despontar como padre cantor e este 
segmento se mantém muito forte. Por quê?
Se pensar bem, na mídia do mundo, eu fui o primeiro, em 1998. Tive o contato
com o papa João Paulo II em 1997 e ele que nos incentivou a ir aos veículos.
Terminei com o filme, Maria: Mãe do filho de Deus. O cardeal Ratzinger não
só reconheceu meu trabalho mas me presenteou com a honraria Van Thuân
(em 2010). Agora, eu sentei com a Sony e disse “quero um CD de R$ 10”.
A inflação está mascarada, mas incrível, eu queria um produto barato.
“Eu serei o autor de todas as músicas”. Eu sempre pegava uma música minha,
mas também de outros, para divulgar. Minha preocupação era ter algo de qualidade,
espiritualidade e saiu essa bênção. Está lindo. Ele vai envolvendo você.
Eu renunciei à parte autoral. Só recebo como intérprete. E mesmo assim,
todo o dinheiro vai para a capelinha do santuário.

Por que esse preço (R$ 10)?
Eu fiz uma pesquisa. A maioria das pessoas, o grande público que me
acompanha e da classe C. Eu sei pelo Santuário. Para a classe C, um CD
a R$ 20 é muito caro. No Santuário, tem pessoas que compram três, quatro,
cinco. Todos já lançaram, porque sabiam que o fim do ano seria terrível.
Agora, eu vou em todos os programas, sem negar nenhum, levando essa
novidade.

A música é importante para divulgar a religiosidade?
É fundamental. No fim do quarto século, Santo Agostinho escreveu
“quem ama canta”. O livro também é importante. Com Ágape, foram dez
milhões de exemplares. Foi o livro mais vendido fora a Bíblia aqui no Brasil.
A música é fundamental. Já estou terminando um livro. Philia é contra
14 males, como depressão, ansiedade, autoestima baixa. Eu vou poder
ajudar muito as pessoas. Vou lançar no ano que vem, em cidade por cidade,
como Ágape, coisa que não fiz com Kairós. Olha a diferença: Ágape vendeu
10 milhões de cópias. Kairós, dois milhões. Mas eu estava muito inchado,
tomando anti-inflamatório. Depois fiquei viciado no remédio. Meu médico
disse para parar com o remédio, que não tinha mais nada. Eu tinha medo
de a dor voltar. Fiz a dieta, exagerei. Fiquei meio mal.

Você indica psicólogo para pessoas em depressão?
Sinceramente, sim e não. Para que serve o padre? É um médico de almas.
A grande maioria das pessoas está carente. Elas não têm com quem falar.
Você precisa ensinar as pessoas a se abrir com Deus. Meus amigos
psicólogos concordam. O CD é antidepressivo. A primeira faixa é uma
declaração, são momentos em que estava muito angustiado. Gravei esse
CD jejuando. Por isso também emagreci bastante. Fiquei sem comer,
a pão e água, só alface. Jesus fala que a oração é fundamental. Tanto que
fiz o CD, o livro já está com a editora Globo.

Então é por isso que o senhor está mais magro?
Estou com o mesmo peso. Pega o filme Maria e me compara. Estou igual.
As pessoas estão estranhando o peso 80 e poucos, mas cheguei a 60 quilos.
E ao pico máximo de 125. Estava quase obeso mórbido. Não quero músculo.
Diariamente, faço 10 km por dia, entre corrida e caminhada. Com esse peso,
me aliviou outro problema. Nunca reclamei, mas tenho problema na coluna,
na lombar. Estava tomando mais remédio, só que isso destrói o fígado.
Imagina com dor. Tenho discopatia degenerativa, como uma dor faquinha
incomodando. Essa foi minha grande libertação. Esse peso que estou agora
é o que eu quero. Tenho que manter a alimentação regrada. Tenho 1,95m.
É difícil entrevistar alguém, porque você está preocupado com o que vai
dizer e não ficar com a coluna corcunda. Uma das coisas que aprendi quando
vou fazer esteira é olhar para a televisão. Para cair, é rapidinho (ele já se
acidentou na esteira). Quando fico sem esteira, meu dia já é outro, porque
você libera endorfina, que existe também no chocolate.

O senhor come chocolate?
Na verdade, não. Mas, se deixar, como uma caixa inteira. Vou confessar:
na semana passada, me deu um ataque de fome e comi a caixa inteira.
Como estou bem magro, tudo bem. É minha tentação, porque injeta para
você a endorfina.

Então sua saúde está bem? E o senhor não está mais comendo só alface?
Está ótima. E dieta balanceada. Não posso nem ver hambúrguer ou alface.

Suas primeiras músicas eram marcadas por melodias dançantes. 
O tempo de Deus tem outro ritmo, mais lento...
Esse CD está realmente buscando ajudar a quem passa por uma situação
difícil. Todo mundo estava preocupado se o padre Marcelo está bem.
Quis um CD mais profundo, intimista. Esse é o segredo do CD.
E o povo está amando. Eles estão apaixonados. Vai ser uma bênção.

O senhor acha que vivemos um momento em que as pessoas se 
distanciam da Igreja, da religião?
Uma das minhas grandes preocupações é as pessoas se esqueceram de Deus.
Sem Deus, ele cai em depressão, bebida, droga. Ela cai em alguma coisa errada.
Mais do que nunca, falta Deus. Eu vou tentar falar muito na televisão sobre isso.
O CD vai ajudar as pessoas a se encontrar com Deus. São inúmeras forças que
querem o nosso mal, inveja... É importante sentir a proteção divina.

A renda dos seus discos é doada?
Eu tenho um santuário com capacidade para 100 mil pessoas. E sou pároco
agora. As grandes celebrações, tudo bem, mas não vou usar aquele espaço
enorme para fazer missa diária. Preciso fazer uma capela. E fiz o santuário
sem pedir dinheiro para ninguém. Você nunca me viu pedir dinheiro.
Eu trabalho e eu doou. Eu poderia ficar para mim. É meu, é lícito.

O que o senhor acha do Tempo de Salomão?
É a cópia da bíblia. Mas não vivemos o Antigo Testamento, vivemos o novo.
Depois de Jesus, quem é Salomão? O Salomão acaba sendo um templo
de esplendor. Uma coisa magnífica, mas o importante é ter um lugar abençoado.
A gente passa e ele fica. No santuário que construí, os padres podem ser
enterrados lá. Quando morrer, vai ter alguém celebrando a missa por mim.

Tempo de Deus tem apenas composições suas. Como é seu processo 
de criação?
Nossa, foi muito legal. Foi uma experiência muito mística. Não fui eu, foi Deus.
Eu trabalhei em um momento difícil. Cada música foi um momento difícil e uma
resposta que Deus me deu. Sonhos de Deus foi o momento em que eu estava
começando a ficar com anorexia. Apesar de as pessoas falarem “você está magro”,
você se enxerga gordo. A letra ajuda muito.

Como apoia os jovens que querem seguir o caminho da música religiosa?
Eu procuro ajudar sempre que posso. Divulgo na rádio que tenho. O CD não tem
faixa etária. A depressão é o mal do século. Acomete até crianças. Eu acho que
é muita informação e pouca formação. Eu passei por isso.

O senhor se considera uma pessoa vaidosa?
Já fui muito. A cada dia, estou me libertando. Eu trabalhava com educação física. Querendo ou não, fui muito vaidoso, com culto ao corpo. Tanto que muita gente fala “volta a treinar, você fica forte”. Não quero estar magro de doente, como no ano passado, que estava sem energia. Estou com o peso que sempre tive, meu biótipo. Minha referência é 2012, no filme Maria.

Em quem vai votar nessas eleições?
A igreja católica nunca apoia ninguém. A igreja aprendeu que não se une política
e religião. Eu sou contra padres que tentam eleição. Ele largou tudo para ser
pares ou pastor. Não dá para misturar líder espiritual com político. Está errado.

Uma das grandes discussões do debate eleitoral foi o preconceito contra a
comunidade LGBT. O que o senhor achou do teor das afirmações?
Sinceramente, eu procuro ficar fora dessa discussão. Estou tão triste. Hoje tem
o debate. Muito para mim vai ser desse debate, que vai ser importantíssimo.
Como eu, pessoas estão esperando. Até agora, tem sido muito ataque, poucas
propostas. O Brasil precisa de propostas. Estarei lá, assistindo, às 22h15. Se,
até 23h, sentir que descamba pra o ataque, desligo a TV.

E anula o voto?
Sou contra. Quero tentar o menos pior. Nunca deixei de votar. Só digo isso,
nunca deixe de votar. Estou rezando para que eles tenham o equilíbrio de falar
ideias. Não me interessa isso de jogar a culpa.

Por: Luiza Maia



Blog do Finfa

PREFEITURA DE AFOGADOS PROMOVE FESTA DAS CRIANÇAS NO PRÓXIMO DOMINGO





Para comemorar o mês das crianças, a Prefeitura de Afogados da Ingazeira promove uma grande festa para a garotada no próximo Domingo (19), nas dependências do Ginásio Desportivo Municipal. A festa terá início às 16 horas e é inteiramente gratuita.
Diversas Secretarias Municipais estão envolvidas na organização do evento. Na programação, apresentações circenses, galinha pintadinha cover, brincadeiras, pinturas de rosto e muita animação. A Prefeitura também está programando para as crianças a distribuição gratuita de pipoca, algodão doce, picolé, lanche e brindes.
“Será uma tarde muito prazerosa. Convido as famílias Afogadenses a participarem, levarem os seus filhos, para que possamos nos confraternizar e levar alegria e sorrisos para as nossas crianças, razão de ser da nossa existência,” afirmou o Prefeito José Patriota.

-- 
Prefeitura de Afogados da Ingazeira
Núcleo de Comunicação Social

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

AÉCIO RECEBE APOIO DE EVANGÉLICOS E ALERTA DE FELICIANO















O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, recebeu nesta
quarta-feira, 15. o apoio de cerca de 300 líderes evangélicos ao lado do
deputado e também pastor Marco Feliciano (PSC) em um evento não
divulgado pela campanha do tucano.

Feliciano, que foi reeleito e recebeu a terceira maior votação de São Paulo
- quase 400 mil votos -, ganhou notoriedade por suas declarações contra
grupos como homossexuais e negros, além de ter sido alvo de uma série de
protestos quando passou pela presidência da Comissão de Direitos
Humanos da Câmara dos Deputados, no ano passado.

O ato ocorreu em um espaço para eventos localizado no centro de
São Paulo. O deputado Pastor Everaldo, que disputou a Presidência no
1.º turno pelo PSC, foi o mestre de cerimônia do evento. "Ninguém tratou
de assuntos como aborto e casamento gay porque essas são pautas do
Congresso", disse Everaldo ao jornal O Estado de S. Paulo.

Recomendações

Feliciano fez um alerta a Aécio durante a sua fala no encontro com
os evangélicos. O deputado recomendou que o tucano se prepare para
"enfrentar a fúria dos movimentos sociais" aliados ao PT. "Disse a
Aécio que ele vai enfrentar a fúria dos movimentos sindicais que são
extremamente radicais. O PT vai usar todos os movimento sindicais
possíveis para fazer a vida dele ficar um pouco mais complicada", afirmou
o deputado.

Ele disse que tem conhecimento de causa. Segundo Feliciano, parlamentares
como ele e Jair Bolsonaro (PP-RJ) são "hostilizados, humilhados e
xingados" por fazerem mais oposição ao governo federal.

Feliciano, que é representante de um braço da Assembleia de Deus disse
apoiar a candidatura de Aécio muito embora considere o PSDB um
partido de esquerda, mas uma "esquerda moderada". O que une os projetos,
de acordo com ele, é o anseio de tirar o PT da Presidência.

"Sendo a favor dos valores cristãos, nós já estamos satisfeitos, até porque,
nesse momento, nossa missão é tirar o PT", afirmou. "O pessoal do Aécio,
mesmo sendo socialista, tido como um partido de esquerda, é uma esquerda
moderada, que conversa, que dialoga. O que não acontece com o PT e afins."

Em seu discurso, Aécio agradeceu o apoio "expressivo" e "representativo"
dos evangélicos. "Tenho orgulho de estar fazendo a campanha ao lado de
vocês a partir de agora. Fiz questão de vir aqui hoje pessoalmente para
agradecer o apoio pelas razões da consciência e pelas razões do coração",
disse o tucano em sua fala, após prometer trabalhar junto com os
evangélicos na construção de políticas sociais.

Lucas Ramos participa de encontro promovido pela Amupe com Paulo Câmara





O deputado estadual eleito pela Frente Popular de Pernambuco, Lucas Ramos (PSB), participou, na tarde de ontem, de um encontro promovido pela Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), com o governador eleito, Paulo Câmara, e o vice-governador, Raul Henry. A reunião, realizada em Gravatá, e comandada pelo presidente da Amupe, o prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, reuniu diversos apoiadores do nome de Lucas Ramos à Assembleia Legislativa. Estavam no encontro o prefeito de Cabrobó, Auricélio Torres; o prefeito de Lagoa Grande e o ex-prefeito do município, Dhoni Amorim e Robson Amorim; a prefeita de Santa Maria da Boa Vista e o ex-prefeito da cidade, Eliane Costa e Rogério Júnior; o ex-prefeito da cidade de Palmeirina, Eudson Catão; e o deputado federal eleito, Tadeu Alencar.

“O nosso governador agradeceu o apoio de todos, que garantiu à Frente Popular de Pernambuco a maior vitória do país, e ainda aproveitou para pedir o nosso empenho para a eleição de Aécio Neves”, afirmou Lucas Ramos. “Aécio está compromissado com as ideias que Eduardo Campos tinha para o país. Por isso estamos juntos, porque queremos mudança para o Brasil”, completou.

Segundo Paulo Câmara, “a aliança com Aécio não é apenas uma aliança eleitoral. É uma aliança de compromissos”, explicou. O governador eleito ainda reafirmou o compromisso em ampliar o Fundo de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios (FEM) e reforçou a necessidade de desburocratização dos convênios do Governo do Estado junto às prefeituras.